domingo, 2 de novembro de 2008

OUTRO PRÊMIO


Dando seqüência à sua vocação inegável para papa-prêmio, o romance O Filho Eterno (Record, 224 páginas, R$ 34), de Cristóvão Tezza, foi anunciado agora há pouco como o grande vencedor do prêmio Portugal Telecom, uma das maiores premiações literárias do país. Pelo primeiro lugar, Tezza vai ganhar R$ 100 mil.

Em segundo lugar, empatados, ficaram Beatriz Bracher, com Antônio, e António Lobo Antunes, com Eu Hei-de Amar uma Pedra. Em terceiro, Bernardo Carvalho, com O Sol se Põe em São Paulo.

Tezza já havia ganho o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte, no fim do ano passado, e neste ano papou o Jabuti de romance (e ainda concorre para levar melhor livro de ficção, prêmio que será anunciado em breve) e agora leva uma das premiações que mais pagam no Brasil a um único vencedor.

TEXTO E FOTO EXTRAÍDOS DO ZEROHORA

Nenhum comentário:

Dicionário inFormal

O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários.
Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português.
Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!


http://www.dicionarioinformal.com.br/

About Me

Minha foto

Sou professora de Língua portuguesa.

Arquivo do blog

Entrevistas com autores brasileiros

http://www.cronopios.com.br/perfil_literario/

Minha lista de blogs

Itens compartilhados de joyce

Páginas