quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Laudo do vôo da TAM

Polícia indicia dez por acidente da TAM em Congonhas
quarta-feira, 19 de novembro de 2008 19:36 BRST Imprimir | Uma página[-] Texto [+] SÃO PAULO (Reuters) - A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta quarta-feira o indiciamento de dez pessoas pelo acidente com o Airbus A320 da TAM no ano passado, que resultou na morte de 199 pessoas, na pior tragédia da aviação brasileira.

Dentre os indiciados estão a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Denise Abreu, o ex-presidente da agência, Milton Zuanazzi, além de diretores e funcionários da TAM e da Infraero.

"Temos algumas pessoas apontadas no inquérito seja por ação ou omissão como responsáveis por esse dano", disse a jornalistas o delegado titular do 15o Distrito Policial, Antonio Carlos Menezes Barbosa, que presidiu o inquérito.

Segundo o delegado, todos foram indiciados formalmente por crime de atentado contra a segurança do transporte aéreo, previsto no artigo 261 do Código Penal e que prevê uma pena máxima de 6 anos de detenção.

A investigação sobre a tragédia, ocorrida em julho do ano passado quando o avião atravessou a pista do Aeroporto de Congonhas e se chocou contra um prédio da empresa, apontou como causa principal do acidente um erro de posicionamento em um dos manetes do avião.

Um laudo indicou que, no momento do acidente, um dos manetes estava em posição de "acelerar", quando deveria indicar o contrário no momento do pouso, o que indicaria que houve falha humana, no caso de um dos pilotos.

Mas, de acordo com o delegado, o acidente poderia ter sido evitado mesmo assim se uma série de medidas tivessem sido tomadas.

Segundo Barbosa, houve no acidente alguns "fatores contribuintes", como uma "inadequada liberação da pista de Congonhas" para pousos em dias chuvosos, como aquele 17 de julho.

"No nosso entendimento, não foi observada uma série de normas de segurança de vôo nacionais e internacionais tanto pela operadora (TAM) como pelas autoridades encarregadas (Infraero e Anac)", disse. "Tanto a Anac quanto TAM tinham conhecimento das restrições que havia em Congonhas. Já foi previsto que a aeronave poderia varar a pista se não fossem seguidos alguns procedimentos."

Texto extraído da Reuters.

Nenhum comentário:

Dicionário inFormal

O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários.
Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português.
Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!


http://www.dicionarioinformal.com.br/

About Me

Minha foto

Sou professora de Língua portuguesa.

Arquivo do blog

Entrevistas com autores brasileiros

http://www.cronopios.com.br/perfil_literario/

Minha lista de blogs

Itens compartilhados de joyce

Páginas